Fique Atento: Uma Fada do Dente diferente…

 

Os dentes são compostos por algumas estruturas tais como o Esmalte, a Dentina e a Polpa. A polpa e como se fosse o “coração” de dente.

Ela é uma pequena massa de tecido vivo, composta de vasos sanguíneos, nervos e células- tronco. Essas células são denominadas células-tronco mesenquimais multipotentes, e as pesquisas demostram que elas têm a capacidade de se transformar em uma ampla variedade de células, incluindo, células ósseas, cardíacas, cerebrais, espinhal, musculares.

 

Dentre as várias fontes de células-tronco, a polpa do dente destaca-se pelo fato de fornecer células-tronco mesenquimais multipotentes e imunocompatíveis, isto é: Elas podem servir não só ao doador, mais também a toda sua família.

A obtenção da polpa do dente de leite é um processo não invasivo e que pode ser feito naturalmente durante o período de troca dos dentes das crianças, entre os 5 e 12 anos.

A coleta do dente do siso também pode ser realizada, pois fornece as mesmas células- tronco mesenquinais do dente de leite.

Essas células-tronco são células jovens e de excelente qualidade, portanto indicadas para um futuro tratamento de doenças degenerativas, como por exemplo, a leucemia.

A coleta do dentinho é bem tranquila. O cirurgião dentista normalmente é credenciado por um laboratório que será responsável pela preservação dessas células. Assim que ele estiver na época de “cair”, a criança vem ao consultório para que o profissional possa retirá-lo e manuseá-lo de forma correta preservando dente e células-tronco e enviando para o armazenamento.

Quanto ao armazenamento, os pais escolhem o laboratório e contratam seu serviço.

São laboratórios de criopreservação, ou seja, lugares que conservam essas células congeladas por muitos anos para que se houver necessidade em caso de algumas doenças elas estejam em perfeito estado e possam se utilizadas no tratamento e cura do paciente.

Outro modo de utilizar o dente de leite é doando para o banco de órgãos da FOUSP (Faculdade de Odontologia de São Paulo)

A FOUSP utilizam os dentinhos em pesquisas cientificas que ajudam milhares de pessoas, mas poucos sabem disso.

A campanha “O Endereço da Fada do Dente” foi criada para trazer essa questão ao conhecimento de todos e estimular um novo comportamento em relação aos dentes de leite, além de criar uma cultura de doação de órgãos desde cedo nas crianças.

Para participar da Campanha é só entrar no site da FOUSP e fazer o cadastro

Fiquem atentos a essas informações.

Fotos: Capa / Freepik.com – Artigo/Patrícia Lúcia Pedroso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *