Quando o meu filho vai começar a falar?

Muitas famílias que tem filho pequeno preocupam-se com diversos fatores relacionados ao seu desenvolvimento, dentre eles está o desenvolvimento da fala. Para que este se estabeleça adequadamente, estão envolvidos diversos fatores, como a maturação neurológica e a psicológica, o desenvolvimento motor e do sistema auditivo, interação social, dentre outros.

Desde o nascimento o bebê já começa a se comunicar, através do choro, do sorriso, dos movimentos do corpo e demais ruídos. É por meio da interação entre ele e os cuidadores que a sua fala irá se desenvolver.
Cada criança tem o seu tempo de desenvolvimento de fala, porém, os pais precisam ficar atentos quanto às suas fases. Ao perceberem algo diferente em seu filho, devem procurar um profissional da área para avaliar e dar o
diagnóstico adequado, para intervir precocemente caso seja necessário.
Com o diagnóstico e intervenção adequados, o seu filho poderá melhorar e até mesmo normatizar os aspectos alterados na fala.

Apesar de ser um assunto que há anos vem sendo discutido, profissionais sempre buscam estudar e pesquisar sobre o desenvolvimento da fala para poderem intervir precocemente, podendo assim, evitar um problema maior futuramente.

 

 

Colocarei alguns pontos que marcam as diferentes fases do desenvolvimento da fala:
• 3 aos 5 meses de idade – a criança emite algumas vogais e algumas consoantes;
• 7 aos 8 meses de idade – ela começa a emitir algumas sílabas que chamamos de
balbucio, como por exemplo, “paba” ,“papeda”, “madama”;
• 12 aos 24 meses – as crianças começam a emitir palavras isoladas como, por exemplo, “bo” (bola), “mama” (mamadeira), “qué” (quero), entre outras, e por volta dos 18 meses começam a emitir frases curtas como, por exemplo, “qué água” (quero água), “dê bó?” (cadê a bola);
• 24 meses de idade – ela começa a formar frases mais elaboradas;
• A partir dos 36 meses de idade (3 anos) a criança apresenta uma fala semelhante a do adulto, contendo algumas simplificações, como por exemplo, “panta” (Planta), “pato” (Prato);
• Por volta dos 6 anos de idade a criança não apresenta simplificações na fala e sua fase de aquisição está completa.

 

Procure um Fonoaudiólogo ao perceberem que o seu filho não está falando adequadamente para a sua idade. Este profissional poderá avaliar e orientar quanto ao desenvolvimento da fala e dará a conduta necessária para intervir no caso do seu filho.

Foto da Capa: pixabay.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *